Close

Yin Yang e a Medicina Chinesa

10408670_841372112575985_5819310530341210393_nVocê sabe o qual o significado desse símbolo?

Yin e Yang é o conceito fundamental da Medicina Tradicional Chinesa, é o fundamento do diagnóstico e tratamento. As primeiras referências de Yin e Yang se encontram no I Ching (O Livro das Mutações) escrito aproximadamente em 700 AC, que parte da premissa de que todos os fenômenos podem ser reduzidos ao Yin-Yang.

Yin e Yang são opostos.

Quando notamos que alguém é calmo, é porque temos referência do que é ser agitado. Se falarmos de calor é porque conhecemos o frio. Todos nós temos nosso lado quente e nosso lado frio, o nosso lado generoso e nosso lado mesquinho, por vezes equilibrados, por vezes tendendo mais para um lado do que para o outro.

Tudo o que existe apresenta uma polaridade. Nada é só YIN ou só YANG. Nada é só positivo ou negativo. Forças antagônicas são complementares e necessárias.

No “Su Wen”, livro básico da medicina chinesa, destacam-se diagramas cuja tradução
é a seguinte:

“O céu é o acúmulo de YANG. A terra é o acúmulo de YIN.”
“O fogo é YANG. A água é YIN.”
“YANG é a agitação. YIN é a serenidade.” Su Wen, cap. 5
“O céu e o sol são YANG. A terra e a lua são YIN.” Su Wen, cap.6
“Dentro do YANG tem o YIN. Dentro do YIN tem o YANG.” Su Wen, cap. 66

O predomínio da energia YANG está no dia, na primavera e no verão, no masculino, no calor, na luz, na extroversão, no movimento, na força, no exterior, no tônico. O predomínio da energia YIN está na noite, no outono e no inverno, no feminino, no frio, no escuro, na introversão, na quietude, na fraqueza, no interior, no flácido.

Todos temos nosso lado YIN e nosso lado YANG; não há noite sem dia, ódio sem amor e homem sem mulher.

As mulheres são essencialmente YIN, mas todas trazem em si um lado masculino, que é YANG; umas mais e outras menos. Os homens são mais YANG, mas todos trazem em si um lado feminino que é YIN; uns mais e outros menos. Em nossos corpos e temperamentos espelham-se os nossos predomínios YIN e YANG, que podem variar durante a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: